SIC

Perfil

Perdidos e Achados (2006-2012)

Perdidos e Achados (2006-2012)

Neste espaço de informação, os repórteres da SIC retomam o fio à meada de notícias e reportagens marcantes, feitas há anos e cujo rasto da história se perdeu. É o caso da história de Pedro, um jovem toxicodependente que, há seis anos, foi sujeito a um tratamento de choque para deixar a heroína. Será que conseguiu? Que será feito do jovem que comoveu o País e levou muitos outros a olhar para a droga de uma forma muito mais séria? Todas as respostas na estreia do "Perdidos e Achados".(113 episódios)

O nome - "Perdidos e Achados" - resume o que se pretende com este espaço de informação: recuperar e actualizar histórias que marcaram a informação da SIC e de que nunca mais ouvimos falar. Ao recordarmos um caso que nos tocou e que dele nunca mais tivemos notícia, quantas vezes não nos perguntamos: "Como terá acabado a história? O que terá acontecido às pessoas?" São perguntas que leitores e telespectadores costumam fazer, mas cuja resposta nem sempre lhes é dada pelos meios de comunicação social que descobriram esses casos e deles falaram dias seguidos. Muitas dessas reportagens, "incompletas", sairão agora do arquivo da SIC, ganhando assim nova vida ao serem actualizadas em "Perdidos e Achados". Coordenado e apresentado pela jornalista Sofia Pinto Coelho, este novo espaço de informação da SIC será emitido todos os sábados, pelas 21 horas, como complemento ao Jornal da Noite. Os autores das reportagens serão, por norma, os mesmos jornalistas da SIC que trabalharam os temas pela primeira vez.

SIC > Entetenimento > Documentários

nas redes

pesquisar