SIC

Cecília

Ana Padrão

ana antonio bento

DIRETORA CRIATIVA DA MUVV | 48 anos

Aos 20 anos consegui um lugar no concurso de Miss Portugal. Venci o concurso nacional e fui 1ª Dama de Honor no Miss Mundo.

O Vítor, o meu único namorado até ao início da vida adulta, não me impedia de perseguir o meu sonho, mas a pressão que eu me impunha de manter um namoro estável nunca me permitiu voar tão alto como ambicionei. E quando ele teve uma oportunidade de trabalho em França, encontrei a desculpa perfeita para terminar a nossa relação.

Paralelamente, o Álvaro apareceu. Ele sim era um homem que podia dar asas às minhas ambições. Um empresário charmoso, rico, bem-sucedido e a preparar o lançamento de um império de moda desportiva. Ao lado do Álvaro tudo se vislumbrava idílico. Ele fazia-me sentir perfeita, amada, desejada.

Tornei-me parceira de negócios do Álvaro e juntos erguemos a MUVV. Formei-me às custas dele, concluí um curso de design de moda, um MBA em gestão e tornei-me a alma da MUVV.

Sempre fui uma mulher bem-sucedida a esconder as minhas verdadeiras emoções. Este traço vai ser muito visível quando o Fred morrer e eu mal conseguir chorar. Eu tenho muito medo de ser vulnerável, que me vejam assim.

Tudo vai mudar quando descobrir que o homem a quem dediquei a minha vida é um criminoso e um potencial assassino. Vou tornar-me uma mulher irreconhecível. Até para mim.

nas redes

pesquisar