Perfil

SIC

Tempo de Amar

“Tempo”, conceito tão relativo, abstrato e complexo que rege a vida humana, muitas vezes determinando o rumo dos acontecimentos, moldando encontros e desencontros. “Amor”, sentimento combustível da nossa existência, que está acima de tudo que é lógico, percorre distâncias, motiva loucuras e desafia a finitude dos dias. Quando se trata de amor, o tempo não segue a engrenagem das horas, dos minutos e dos segundos. O tempo de amar é agora e é para sempre. Essa urgência toma conta dos corações de Maria Vitória (Vitória Strada) e Inácio Ramos (Bruno Cabrerizo) quando se veem pela primeira vez, no meio de uma procissão em Portugal, em 1927. Um amor que arrebata duas pessoas e que enfrentará diversas barreiras é o fio condutor da trama da próxima novela, ‘Tempo de Amar’, de Alcides Nogueira, com direção artística de Jayme Monjardim.


Os olhares de Maria Vitória e Inácio se encontram nas festividades da Semana Santa, na fictícia aldeia Morros Verdes, em Portugal, que parece parada no tempo, apesar das mudanças que aconteceram em todo o mundo após o fim da Primeira Guerra Mundial. Ela, a filha do influente produtor de vinho e azeite José Augusto Correia Guedes (Tony Ramos), o dono da famosa Quinta da Carrasqueira. Ele, um rapaz simples de Sobreiro, vilarejo vizinho, que mora com a tia Henriqueta (Nívea Maria), vive de trabalhos temporários, como a colheita das uvas, e leva uma vida pacata. Apaixonado, Inácio não medirá esforços para lutar pelo amor de Maria Vitória, mesmo com todos os empecilhos que surgirão na vida dos dois dali em diante.


Na visão de Alcides Nogueira, ‘Tempo de Amar’ “é um clássico folhetim, uma novela de amor com muitas reviravoltas. São amores danosos, culpados, plenos, sofridos. Mas sempre o amor é o motor da história”. “A novela fala sobre a força de amar. É uma linda, grande e forte história de amor”, resume o diretor artístico, Jayme Monjardim. Baseada em um argumento de Rubem Fonseca, a trama é escrita em parceria com Bia Corrêa do Lago e conta com a colaboração de Tarcísio Lara Puiati e Bíbi Da Pieve, além da pesquisa de Yara Eleodora.

A trama parte de um argumento original de Rubem Fonseca, um dos mais importantes escritores brasileiros. Rubem é conhecido por seus livros de romance policial, mas foi uma história de amor de sua família que o fez escrever o argumento em parceria com a filha, Bia Corrêa do Lago. A saga dos protagonistas de ‘Tempo de Amar’ é inspirada na aventura real da avó do escritor, que saiu de Portugal deixando a filha pequena – mãe de Rubem – com seus pais para encontrar seu grande amor. Ele havia se mudado para o Brasil a trabalho e, em um determinado momento, parou de enviar suas cartas. A história foi, então, ficcionada por Alcides Nogueira. “O amor fez com que minha bisavó atravessasse o oceano para encontrar o homem pelo qual era completamente apaixonada”, conta Bia, que também é parceira de Alcides no texto da novela.

Filtrar por canal

nas redes

pesquisar