Perfil

SIC

Resumo: 19º Episódio - 5 de agosto (quarta-feira)

Alice é levada pela funcionária da Segurança Social!

ana bento

*OS RESUMOS DOS EPISÓDIOS ESTÃO SUJEITOS A MUDANÇAS EM FUNÇÃO DA EDIÇÃO DA NOVELA

Na receção do Hotel, Amélia recorda a irmã enquanto Nuno se faz de forte e tenta não chorar. Amélia olha-o, séria, e diz-lhe que não pensa ir-se embora e que vai fazer da vida dele um autêntico inferno.

Ermelinda anda a medir as distâncias de segurança enquanto João lhe diz que, com a quantidade de gente que esperam, duvida que dê para colocar todos lá dentro. Sónia insinua-se a Cris e convida-o a saírem dali os dois para um sítio melhor.

Amélia tenta entrar no quarto e fechar a porta, mas Nuno impede-a e, num ato de raiva, entra e começa a atirar com as suas malas e roupas para o chão, numa fúria desmedida. Amélia diz que sai do hotel, mas não da Nazaré.

Bernardo vai ter com o primo e desabafa com ele sobre o estado de Olívia, ainda que sem entrar em grandes pormenores. Bernardo diz que não é capaz de ter intimidade com a namorada e pede a Duarte que lhe dê o contacto do seu psicólogo.

Júlia encontra Nuno na cozinha do Hotel visivelmente embriagado. Júlia tira-lhe a bebida enquanto Nuno desabafa, revoltado, e lhe conta que Amélia não cumpriu a sua promessa e não só ficou com a quinta de herança como ainda tenciona ficar na Nazaré.

Toni vai ao encontro de Vânia, com um ramo de flores, e pede-lhe que vá com ele ao baile. Vânia recusa-se e pede-lhe que se vá embora e Toni diz-lhe que, sendo assim, vai ficar no bar e colocar na conta do quarto dela o que consumir. Ana e Gil ajudam Toni a preparar tudo. Vânia chega ao bar, irritada com ele. Ana e Gil desligam as luzes e põe música a tocar.

Júlia insiste para que Nuno beba um café e ele, num impulso, aproxima-se dela com o intuito de a beijar.

No baile, Josué vê os pés de Alice a saírem debaixo da mesa e descobre que a neta fugiu. Nazaré fica alarmada e pega logo nela para a levar de volta para casa. Quando estão a sair são surpreendidas pela funcionária da Segurança Social.

A funcionária agarra Alice para a levar ainda que Rui e Nazaré tentem demovê-la. Josué está destroçado e Nazaré promete a Alice que a vai buscar o mais rápido que conseguir.

Júlia fica muito nervosa com a atitude de Nuno que, de imediato, lhe pede desculpa. Júlia acede, apenas porque ele está fora de si, e deixa-o a dormir.

Vânia está comovida por Toni se lembrar da música deles e de tantos outros pormenores. Ele declara-se, sabe que foram feitos um para o outro, beija-a. Vânia começa a fugir dele e finge que vomita para o afastar, mas Toni não quer sair dali. Sónia chega e a irmã pede-lhe ajuda para mandar Toni embora de vez.

De volta a casa, Nazaré está muito revoltada e chora, desolada. Duarte começa com um discurso demasiado racional para o momento o que deixa Nazaré ainda mais triste.

Vânia acorda e dá com Sónia a estudar. Pergunta à irmã se passou a noite acordada e se tomou alguma coisa. Sónia percebe que Vânia falou com a mãe e que está a perguntar se tomou alguma droga. Sónia nega, mas Vânia vasculha as suas coisas a ver se encontra algo.

Na cozinha do Hotel, Ana pede a Cris e a Gil que se despachem para irem para a praia. Sónia chega e pergunta se também pode ir surfar com eles. Eles acedem, gostam da onda descontraída dela.

Antes de saírem, Nuno conta aos irmãos que Amélia deixou o Hotel, mas que não vai deixar a Nazaré e que lhe mentiu quando disse que se ele lhe entregasse a quinta, nunca mais o chateava.

Olívia acorda esfomeada e Bernardo aparece com o saco do chá dizendo que é um chá afrodisíaco e que a chávena dela ainda tem vestígios do mesmo. Olívia, faz-se desentendida, e diz-lhe que não faz ideia do que possa ter acontecido.

Matilde recebe um telefonema de Ermelinda a dizer que vão levar Alice para Lisboa. Nazaré, ao ouvir a conversa, explode e sai de casa apressada.

Natália vai até à Atlântida ao encontro de Duarte. Entrega-lhe uma carta que lhe escreveu no seu 8º aniversário, mas Duarte reage com indiferença e nem abre o envelope.

Já no seu gabinete, Duarte tenta trabalhar, mas não consegue e começa a ler excertos da carta que a mãe lhe escreveu. Recorda os bons momentos que passou com Alice e Nazaré na praia e fica triste.

Na loja de surf, Ana fala com Érica e diz-lhe que também devia ter ido com eles à praia. Sónia pisca o olho a Cris, o que o deixa bastante atrapalhado, e chama-o para a ajudar.

nas redes

pesquisar