SIC

Resumo: 206º Episódio - 29 de junho (segunda-feira)

Bárbara tem um ataque de ciúmes e agride Nazaré.

*OS RESUMOS DOS EPISÓDIOS ESTÃO SUJEITOS A MUDANÇAS EM FUNÇÃO DA EDIÇÃO DA NOVELA

Toni, Nazaré e Duarte tentam saber, junto do inspetor Santos, se há novidades em relação a Cláudia. Santos diz que ainda não tem novidades nem de Cláudia nem da análise das provas. Toni diz a Nazaré que precisa de falar com ela sobre a gravidez de Bárbara.

Toni conta tudo a Nazaré, que o olha em choque e não quer acreditar que Toni considerou aceitar a proposta doentia de Bárbara. Toni tenta redimir-se dizendo que, caso Nazaré queira ficar com ele, será pelos motivos certos e não por causa de uma chantagem de uma terceira pessoa.

Duarte vai até casa dos Soares e entrega a Bárbara os papéis do divórcio. Bárbara começa a entrar numa espiral de loucura, dizendo que não vai assinar os papéis pois não se quer divorciar e que Duarte nunca vai encontrar uma mulher que o ame tanto como ela. Duarte diz-lhe que, caso não assine, vão para tribunal e o desfecho será o mesmo, a escolha é dela. Bárbara parece ceder mas, de repente, num ato de raiva, risca os papéis.

Bernardo encontra-se com o inspetor Santos no Hotel e diz-lhe, que depois de uma análise minuciosa às fotos do acidente, chegou à conclusão que não foi o tiro de Ismael que fez explodir o carro. Bernardo pede a Santos que procure por outra bala.

Isabel está no Lar e diz à equipa de mudança que comecem a empacotar tudo. Joaquim chega e diz a Isabel que, agora que já conseguiu o Lar, é um pequeno passo até conseguir o Mercado. Isabel não entende quais as intenções de Joaquim, mas este propõe-lhe um trato e Isabel fica interessada. Joaquim conta-lhe do seu passado enquanto falsificador e, promete que se ela lhe pagar bem, ninguém notará que as assinaturas dos vendedores são falsas.

Nazaré está na Quinta e diz a Duarte que vai a casa de Verónica ver se encontra um batom igual ao que encontraram no quarto onde Cláudia estava. Bárbara entra em casa e dá com Nazaré e Duarte e fica completamente transtornada. Inicia-se mais uma cena louca de ciúmes de Bárbara, Duarte pede-lhe que saia, mas Bárbara não para de provocar Nazaré. Instala-se a discussão e Bárbara pega num vaso e parte-o na cabeça de Nazaré.

Já na cozinha, Duarte trata do ferimento de Nazaré enquanto conversam. A atração entre os dois é evidente e algo que não conseguem contrariar. Duarte, num impulso, beija Nazaré. Nazaré recua e confessa a Duarte que apesar de ele ser tudo o que ela quer, Duarte tem de entender que não pode jogar assim com os sentimentos dela. Nazaré sai e Duarte fica arrasado.

nas redes

pesquisar