SIC

Resumo: 169º Episódio - 7 de maio (quinta-feira)

Duarte descobre que Verónica deixou a Atlântida na falência!

*OS RESUMOS DOS EPISÓDIOS ESTÃO SUJEITOS A MUDANÇAS EM FUNÇÃO DA EDIÇÃO DA NOVELA

Laura fica surpreendida por ver Joaquim no Hotel. Joaquim conta que Dolores o expulsou de casa depois do acidente de Luís, mas que espera que reconsidere e que a sua estadia ali seja curta. No decorrer da conversa, Gonçalo vê Cris na cozinha do Hotel e vai ter com ele. Cris diz ao pai que o roubaram, mas Gonçalo não consegue acreditar nele e manda-o embora sem lhe dar mais dinheiro.

Na Quinta, Érica comenta com todos, bastante desesperada, que Luís pode perder o braço por causa do acidente e que não sabe como vai enfrentar a mãe em relação ao pedido da guarda de Yara. Duarte tenta acalmar a prima e fazê-la ver que estão todos do seu lado. Bárbara, só nesta altura, fica a saber do que se está a passar com o irmão.

Heitor vai ter com Verónica e mostra-se muito nervoso com o que Nazaré possa dizer ou fazer agora que foi considerada inocente. Verónica sossega-o dizendo que está tudo controlado, mas que agora não lhe vai conseguir dar mais dinheiro uma vez que passou a sócia minoritária da empresa.

Sofia chega a casa e dá com Heitor a mostrar a casa a um agente imobiliário. Sofia fica revoltada por não ter sido avisada e Heitor diz-lhe que está sem dinheiro e que precisa de vendar a casa urgentemente.

Bárbara chega a casa, depois de visitar o irmão, e comenta com Duarte que Luís está mesmo muito em baixo. Duarte pede-lhe que se sente e confessa-lhe que esteve a rever as contas da Atlântida e que a empresa sofreu um desfalque e está tudo a zeros. Duarte e Bárbara estão incrédulos com o desfalque que Verónica fez, mas acham que a conseguem apanhar devido à rapidez com que fez as coisas. Bernardo, que chega naquele momento, pergunta a Duarte o que é que a mãe fez e Duarte conta a verdade ao primo. Duarte chega à conclusão que não recuperou apenas a Atlântida, como vai ter de salvar a empresa da falência.

Em casa, Verónica dá dinheiro ao contabilista da Atlântida para se ir embora. Isabel chega e cruza-se com o contabilista, estranhando a sua presença. As amigas falam sobre o Mercado e Isabel comenta que os vendedores, liderados por Dolores e Glória, vão seguir em frente com o calendário solidário com fotografias.

No Mercado decorre a sessão fotográfica e estão todos prontos mas João, o fotógrafo responsável, acha que falta ali qualquer coisa. Toni dá a ideia de que os homens deviam estar de tronco nu e João fica a considerar a ideia. João acha que podem fazer uma coisa com alguma nudez, mas com bom gosto, Glória é contra. Ismael, de repente, fica em tronco nu e Matias e Toni imitam-no, mas dizem logo que a mãe não se despe.

nas redes

pesquisar