Perfil

SIC

Resumo: 54º Episódio - 21 de novembro (quinta-feira)

Joaquim oferece um "presente" a Nazaré e Luís! Será uma forma de se desculpar?

a__bento

*OS RESUMOS DOS EPISÓDIOS ESTÃO SUJEITOS A MUDANÇAS EM FUNÇÃO DA EDIÇÃO DA NOVELA

Toni vai até à Atlântida confrontar Duarte. Começa uma discussão acesa entre os dois, em que Toni lhe diz que despedir uma funcionar por não conseguir o que quer dela é assédio sexual. É Sofia quem puxa Toni dali para fora, acabando com a discussão.

Félix e Verónica chamam Nazaré à Atlântida. Os dois falam com a jovem e avisam-na que tem uma semana para reconquistar Duarte, caso contrário as coisas vão correr muito mal para o seu lado.

Dolores e Joaquim conversam sobre o processo com os Blanco. Dolores diz que o testemunho de Joaquim deveria ser suficiente, mas Joaquim avisa-a que ninguém vai acreditar num suposto assassino e que a única solução que têm é provar que a assinatura da escritura é falsa.

Joaquim e Dolores vão à Atlântida buscar a escritura, que Duarte lhes entrega sem nada temer. Joaquim enfrenta Félix, fala da mancha de café na assinatura e ele mostra-se sonso. Félix diz a Verónica que aquele truque os fez ganhar algum tempo.

Na receção do Hotel e depois de uma corrida, Matias ajuda Laura a alongar. A atração entre os dois é visível e Laura está prestes a beijar Matias quando Ana aparece e interrompe o momento.

Nazaré está no porto à procura de trabalho, mas ninguém quer uma mulher no mar. Luís vem ao encontro dela, depois da faina, visivelmente cansado. Joaquim junta-se aos filhos e dá-lhes a notícia de que lhes comprou um barco. Nazaré diz que não quer nada dele e que não se vai deixar comprar. Luís, por outro lado, pondera a oportunidade.

No quarto de Bernardo, às escondidas, Olívia começa a recolher as coisas que Bernardo lhe pediu quando é apanhada por Érica. Olívia acaba por confessar a Érica que vai ajudar Bernardo a fugir porque Félix lhe anda a dar comprimidos para o manter sedado.

Duarte recebe uma chamada do advogado a dizer que comprovou que a assinatura na escritura é falsa. Duarte fica em choque. Os tios metem em causa a veracidade da avaliação e querem seguir com o caso para tribunal. Duarte pondera, apesar de estar perdido e sem saber o que fazer.

Ainda no porto de pesca, Nazaré e Luís discutem pois não sabem se devem aceitar o barco ou não. Os filhos aceitam a oferta, mas avisam Joaquim que aquela atitude não significa que o tenham ou queiram perdoar.

nas redes

pesquisar