SIC

Dois meses depois de ser operado a um tumor na cabeça, Raúl foi agredido pelo pai: "O meu marido era capaz de o matar"

Dois meses depois de ser operado a um tumor na cabeça, Raúl foi agredido pelo pai: "O meu marido era capaz de o matar"

Raúl e a mãe vivem, diariamente, com medo e a polícia já foi chamada, várias vezes, à casa da família: "Nós temos que viver num quarto fechados à chave".

nas redes

pesquisar