SIC

"O prognóstico dos médicos era que ia ficar paraplégica para o resto da minha vida": Mas Sandra voltou a andar!

"O prognóstico dos médicos era que ia ficar paraplégica para o resto da minha vida": Mas Sandra voltou a andar!

"A zona lombar era onde tinha mais dores porque da cintura para baixo infelizmente já não sentia nada, tinha deixado de existir", conta. Contudo, Sandra Jesus nunca aceitou o diagnóstico, acabou por voltar a andar e ainda tirou a carta de condução.

nas redes

pesquisar