Perfil

SIC

Globo de Ouro de Melhor Atuação é uma homenagem a Carlos do Carmo

Capitão Fausto, Mariza, Ornatos Violeta e The Black Mamba eram os outros nomeados nesta categoria na XXV Gala dos Globos de Ouro. O artista morreu a 1 de janeiro de 2021, aos 81 anos.

Becas do Carmo, filho de Carlos do Carmo, subiu ao palco do Coliseu dos Recreios para receber o prémio

Becas do Carmo, filho de Carlos do Carmo, subiu ao palco do Coliseu dos Recreios para receber o prémio

Manuel Guerra

“Obrigado!” Foi assim, de forma humilde e elegante, apanágio de qualquer gesto do cantor, que o fadista Carlos do Carmo se despediu dos palcos, em novembro de 2019, com um concerto inesquecível – Obrigado! foi precisamente como lhe chamou. Um espetáculo memorável e emotivo, no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, que passou em revista 57 anos de uma carreira ímpar, que com mérito granjeou o privilégio de ser aplaudida nos maiores e mais celebrados palcos mundiais. Entre eles contam-se o mítico Canecão, no Rio de Janeiro, a Ópera de Frankfurt, o Olympia, em Paris, ou o londrino Royal Albert Hall, para abreviar uma lista que esgotaria este tempo de antena. Mérito e Excelência, em 1998, e Melhor Intérprete Individual, em 2003, foram os Globos de Ouro que conquistou, mas, seguramente, a distinção que a história de Carlos do Carmo assinalará a bold será o Grammy Latino de Carreira, com o qual foi distinguido em 2014. Pouco mais de um ano após este concerto que aqui se recorda, no primeiro dia de 2021, Carlos do Carmo despediu-se da vida. E esta noite foi hora de dizer: Obrigado, nós!

O Globo de Ouro de Melhor Intérprete foi-lhe atribuído a título póstumo, como homenagem à sua longa carreira.

nas redes

pesquisar