SIC

Perfil

"As pessoas quando olham para mim pensam que eu sou um bicho"

"As pessoas quando olham para mim pensam que eu sou um bicho"

É assim que Sara Duarte se sente perante o olhar de muitas pessoas. É frontal. Fala sem medo do que os outros possam pensar. Sara foi uma das primeiras mulheres deficientes a formar-se em Ciências Farmacêuticas. Conseguiu que se fizessem mudanças porque nada estava preparado, nada estava pensado para ela. Mas ela acredita que "um deficiente faz tudo como toda a gente" e não esperava que a deficiência fosse um obstáculo. "Eu, na minha ignorância, achava que saía e ia trabalhar". Não contava com o preconceito mas sente-o, nas "expressões das pessoas, nas diferenças de comportamento". Sara finge que não nota e segue em frente.

nas redes

pesquisar