Perfil

SIC

Cinema

Aos fins de semana e feriados

    Golpe de Sorte - Um Conto de Natal - ESTREIA

    Sábado, 21 de dezembro

    JOAO MARIA C

    21H30

    (Todos)

    GOLPE DE SORTE: UM CONTO DE NATAL

    Contam-se as horas para a noite de consoada. No palacete da Euromilionária, os Garcia preparam com entusiasmo o primeiro Natal com toda a família reunida, agora com Caio, Sílvia e Júnior também presentes. Desdobrando-se em tarefas para surpreender os mais pequenos, e cheias de ideias mirabolantes, Maria do Céu e Telma querem que este seja o mais excêntrico e divertido Natal de sempre… longe de imaginarem que a tão desejada visita de Júnior vai pôr em risco todos os seus planos! Enquanto isso, Horácio quer voltar a fazer história para reconquistar a sua popularidade e derrotar o rival Tino, lembrando-se de erguer a maior árvore de Natal da Europa no centro da vila. No meio desta azáfama com os preparativos para a grande noite, nem tudo vai correr como o planeado. Será que a magia do Natal vai mesmo acontecer em Alvorinha?

    O Sonho de Natal de Céu

    Radiante com a ideia de poder passar o primeiro Natal com Caio, depois deste sair da prisão, Maria do Céu convida o neto Júnior a juntar-se a eles para a consoada. A expectativa criada em torno da sua chegada é enorme! Céu quer o palacete cheio de crianças e de alegria. Durante o tempo em que Caio esteve ausente, Júnior nunca quis aproximar-se da família do pai mas Céu acredita que, com a ajuda de todos, conseguirá conquistar o coração ferido do neto. A princípio tudo parece correr bem… mas rapidamente os Garcia vão perceber que Júnior é um miúdo difícil e que não está disposto a entregar-se a ninguém. Para além de rejeitar Sílvia, a madrasta, e de recusar os avanços do pai e da família que o quer acarinhar… Júnior não acredita na magia do Natal. Tudo lhe parece uma tremenda seca nesta quadra festiva! Uma inútil perda de tempo.

    Rebelde e inteligente como Caio, Júnior tentará boicotar todos os preparativos para a festa com as mais alucinantes partidas, arranjando maneira de virar o palacete de pernas para o ar, e ainda culpar os primos – Bruninho e Carolina – pelas suas travessuras anti-natalícias. Sentindo-se culpado por ter sido um pai ausente, Caio vai fechar os olhos às más atitudes de Júnior, focando-se apenas em conquistá-lo… mas a pequena Carolina (uma réplica de Telma em miniatura, que anda sempre vestida com roupas e adereços iguais aos da tia) será a primeira a perceber que Júnior não é o anjinho que todos imaginam.

    Com muito amor e paciência, Céu fará de tudo para ultrapassar o problema e conseguir que os netos se entendam… mas a picardia entre Júnior e Bruninho não parece ter solução à vista, trazendo-lhe à memória a antiga rivalidade entre Caio e Bruno, seus filhos. Só mesmo um milagre de Natal poderá trazer de novo a paz ao palacete.

    Como se isso não bastasse, surge outra contrariedade no início da história. Bruno Garcia – que está em Nova Iorque a fazer um curso de cozinha - liga a Céu e informa-a de que poderá não chegar a tempo de passar o Natal com eles. Um forte nevão caiu sobre a cidade, provocando o caos nos aeroportos e o cancelamento de centenas de voos.

    Sabendo que é real a possibilidade de não conseguir festejar com a família, Bruno decide então escrever uma carta ao sobrinho Júnior, explicando-lhe como é o Natal em Alvorinha e descrevendo ao pormenor todas as tradições natalícias dos Garcia. Esta carta, escrita do seu quarto de hotel em Nova Iorque, será o elo de ligação emocional desta história, transformando Bruno no narrador. Até ao último minuto do telefilme estaremos na expectativa para saber se Bruno vai ou não chegar a tempo de se juntar à família.

    A disputa natalícia de Horácio e Tino

    Na verdade, há muito mais a acontecer na pequena vila de Alvorinha por esta altura! Inconformado com a ideia de ter perdido a Junta para Tino, apesar de já terem passado vários anos, Horácio quer voltar a fazer história, criando uma comissão para organizar a mais bela festa de Natal de sempre na vila. Para brilhar mais do que Tino, fazendo jus à sua veia de político, Horácio promete aos Alvorinhenses a apresentação oficial da maior árvore de Natal da Europa, amadrinhada por Céu e com a presença dos principais meios de comunicação social do país.

    Rosanne e Amália não se pouparão a esforços para ajudar o marido a realizar este sonho, disputando a atenção do presidente da coletividade com as picardias do costume. Nada será fácil de decidir nesta festa. Tino não facilitará a missão de Horácio, apresentando também ele ideias loucas e megalómanas para a celebração de Natal. Quem irá ganhar esta batalha natalícia?

    nas redes

    pesquisar