Perfil

SIC

Mauro Paulino defende que os dias de luto pela morte de um filho devem ser revistos: "O prazo dos 5 dias é ridículo"

O psicólogo clínico e forense defende que a perda de um filho é o luto mais complexo que se pode enfrentar numa vida: "Os sintomas de depressão, stress pós-traumático duram de uma forma particularmente intensa pelo menos nos primeiros seis meses. Quantos 5 dias cabem em 6 meses?"

nas redes

pesquisar