Perfil

SIC

Pai muda filha birracial de escola depois de lhe ter sido cortado o cabelo

Cortes terão sido feitos por uma professora e uma colega.

Uma família do Michigan, estado norte-americano, mudou a sua filha Jurnee, de 7 anos, de escola depois do cabelo da criança ter sido cortado, em várias ocasiões, por uma professora e uma colega.

Em março, Jurnee chegou a casa com grande parte do cabelo cortado de um lado e revelou que uma colega da escola tinha utilizado uma tesoura para lhe cortar o cabelo no autocarro escolar, contou o pai, Jimmy Hoffmeyer, à Associated Press.

Dois dias depois de falar com o diretor e de ter levado a menina ao cabeleireiro para acertar o corte, Jurnee chegou novamente a casa com o cabelo cortado.

"Ela estava a chorar", disse o pai. "Eu perguntei o que aconteceu e disse 'Pensei que te tinha dito que nenhuma criança devia cortar-te o cabelo", continuou. "Ela disse: 'mas pai, era a professora'."

Jimmy Hoffmeyer disse que as explicações do diretor e do município de pouco serviram, uma vez que a professora iria apenas receber uma chamada de atenção.

O pai apresentou queixa à polícia de Mount Pleasant, mas, até segunda-feira, nenhum agente o tinha contactado para dar seguimento ao caso.

nas redes

pesquisar