Perfil

SIC

Mourinho despedido do Tottenham

Para além do treinador português, também a equipa técnica foi dispensada.

José Mourinho foi dispensado como treinador do Tottenham, confirmou o clube esta segunda-feira através de um comunicado. O técnico já não vai orientar a equipa, na quarta-feira, com o Southampton, nem na final da Taça da Liga inglesa frente ao Manchester City, no próximo domingo.

Para além do treinador português, também João Sacramento, Nuno Santos, Carlos Lalin e Giovanni Cerra foram dispensados.

"José e a sua equipa técnica estiveram connosco em alguns dos nossos momentos mais desafiadores enquanto clube. O José é um verdadeiro profissional que demonstrou enorme resiliência durante a pandemia. A nível pessoal, gostei de trabalhar com ele e lamentamos que as coisas não tenham corrido como esperávamos. Ele será sempre bem-vindo e gostaríamos de agradecer a ele e à sua comissão técnica pela contribuição ", disse Daniel Levy, presidente do Tottenham, em comunicado.

A notícia tinha sido avançada pela imprensa britância e, segundo a Sky News, surgia poucas horas depois de o clube da Premier League mostrar intenção de ingressar na Superliga europeia.

O técnico, de 58 anos, estava no comando do Tottenham desde 2019 e o contrato do treinador português com o clube estava previsto durar até o final da época de 2023.

O anúncio da saída de José Mourinho surge numa altura em que o Tottenham ocupa o sétimo lugar da Premier League, a seis jornadas do fim do campeonato, já fora dos lugares para a qualificação para a Liga dos Campeões, e depois de ser eliminado da Liga Europa e da Taça de Inglaterra. Na passagem pelo Tottenham, Mourinho somou 44 vitórias, 19 empates e 23 derrotas.

O Tottenham foi o oitavo clube da carreira de Mourinho, depois de Benfica, União de Leiria, FC Porto, Chelsea, Inter Milão, Real Madrid e Manchester United.

O treino desta segunda-feira será assegurado por Ryan Mason e o clube informa que fará uma nova atualização no "momento oportuno".

nas redes

pesquisar