Perfil

SIC

Sandra Pereira

Joana Aguiar

Nasci no Luxemburgo, quando o meu pai estava dar um concerto, mas cresci na cidade onde a minha família vive. Mas queria viver no Porto, ou em Lisboa. Só que o meu pai insiste nesta treta de “não nos esquecermos das nossas raízes” e todos temos de alinhar nisto, como se esta terra fosse espetacular. Vivo com os meus pais e a minha tia e madrinha. Tive uma infância um bocado solitária, mais na companhia da minha tia do que dos meus pais. Uma coisa é termos uma mãe que nunca está e quando chega a casa tudo é perfeito, outra coisa é uma mãe a tempo inteiro, que exige, implica, contesta. Por isso, a partir desta altura que a nossa relação tem sido conflituosa.

O meu emprego é tentar ser uma cantora famosa, de sucesso, e acreditem que não é tarefa pequena. É preciso saber o que vestir, o que cantar, o que usar, os amigos que interessam, os que são dispensáveis. Ainda não acertei muito bem no estilo musical que quero seguir, já tentei um bocadinho de tudo.

Adoro sair com os meus amigos e sou famosa nas redes sociais, só não imagino que sou famosa pelas razões erradas. Muitas vezes pessoas seguem-me para gozar comigo e há até páginas de ódio em relação a mim. Isso abala-me muito. Passo grande parte do meu tempo a tentar encontrar o meu estilo próprio, até encontrar o meu próprio caminho.

Sabem a expressão filha do papá? É, sou eu…

A verdade, aquela que não conto a ninguém, é que não quero que vejam o meu lado mais negro, acho que nenhum rapaz ia ficar depois de me ver assim.

nas redes

pesquisar