SIC

Resumo: 57º Episódio - 11 de maio (terça-feira)

Carlota segue Fernando e é apanhada em flagrante.

*OS RESUMOS DOS EPISÓDIOS ESTÃO SUJEITOS A MUDANÇAS EM FUNÇÃO DA EDIÇÃO DA NOVELA

Vitória tenta evitar Fernando, mas ele chama-a. Ela diz que vai ter com os pais, não aguenta ficar ali e agir como se nada fosse. Fernando pede para falarem antes de ir e marca no sítio deles.

Carlota pede a Mitó para agilizar o negócio, ela diz que o marido concordou e já tem o dinheiro. Fernando está de saída e Carlota segue-o. Mitó queria ver a casa de Carminho e Nicolau, sem saber de nada, diz que a leva lá. Mitó fica escandalizada. Carminho ainda tenta inventar uma desculpa, mas não aguenta e diz que está na falência.

Fernando está à espera de alguém. Carlota fica à espreita. Fernando apanha-a e pergunta se foi atrás dele. Os dois discutem. Ela acha que ele foi encontrar-se com outra mulher. Chega Sebastião, que o salva e Carlota sai humilhada.

Tomás quer falar com Leonor sobre a gravidez de Mariana. Domingos diz que ela já sabe. Ele insiste para falar com ela na mesma, mas Domingos não autoriza.

Fátima ainda está perturbada com a descoberta sobre Gustavo. Sãozinha conta sobre o acidente de bicicleta de Guilherme e Fátima vai ver se ele está bem. Fátima está preocupada com Guilherme. Ivone sai para ir buscar comprimidos. Guilherme gosta da preocupação de Fátima.

Carminho fica arrasada por Mitó já saber a verdade, vai ser o fim deles. Manuel diz que amanhã fala com ela no hotel. Salvador diz à mãe que vai fazer um bolo daqueles, hoje justifica-se.

Gustavo pergunta a Paula se não sabia estar calada. Ela inocente, tenta tranquilizá-lo e diz que ele faz o exame e vai ficar tudo bem. Paula fala da noite anterior. Gustavo diz que não a suporta e não quer estar com ela.

Anabela e Leonor têm um trabalho para fazer. Hortense ajuda-as e conta-lhes a lenda sobre uma rapariga da serra. Anabela e Leonor ouvem entusiasmadas.

Gustavo conta ao irmão o que se passou, depois do teste de ADN vai preso, de certeza. Pensou em pedir ajuda a Carlota mas Tomás diz para não fazer isso, para não ter medo porque o sangue no cachecol não prova que Gustavo matou Artur.

Fátima diz ao pai que a carrinha do irmão já está arranjada. Silvério pede-lhe para não vender o moinho. Fátima diz que ao vender vão resolver todos os problemas. Anabela fala da lenda que Hortense contou.

nas redes

pesquisar